Skip to content

Criando e mantendo páginas XHTML válidas

6 de maio de 2009

  1. Escolhendo o tipo de DOCTYPE APROPRIADO.

Todas as páginas ASP.NET criadas dentro do Visual Studio 2005 recebem automaticamente o DOCTYPE para o XHTML 1.0 Transitional. Caso seja necessário utilizar qualquer outro DOCTYPE a página deverá ser editada manualmente.

Segue abaixo os quatro DOCTYPES padrões:

XHTML 1.0 Transitional

<!DOCTYPE html PUBLIC “-//W3C//DTD XHTML 1.0 Transitional//EN”

http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-transitional.dtd”&gt;

XHTML 1.0 Strict

<!DOCTYPE html PUBLIC “-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN”

http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd”&gt;

XHTML 1.0 Frameset

<!DOCTYPE html PUBLIC “-//W3C//DTD XHTML 1.0 Frameset//EN”

http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-frameset.dtd”&gt;

XHTML 1.1

<!DOCTYPE html PUBLIC “-//W3C//DTD XHTML 1.1//EN”

http://www.w3.org/TR/xhtml11/DTD/xhtml11.dtd”&gt;

  1. Como descrever elementos e atributos de forma válida

Alguns detalhes devem ser observados para que os elementos e atributos sejam descritos de forma válida dentro do DOCTYPE selecionado.

É importante ressaltar que estas regras se aplicam apenas aos elementos digitados manualmente nas páginas ASP.NET, uma vez que os componentes internos geram automaticamente um código XHTML válido.

Desta forma, os itens que devem ser considerados são os seguintes:

Todos os nomes de elementos e atributos devem ser digitados em caixa-baixa. O XML, sobre o qual as páginas XHTML são montadas, é case-sensitive, ou seja, existe uma diferença entre os elementos <p> e <P>. Apenas a primeira forma é válida.

Sempre coloque os valores dos atributos dentro de aspas simples ou duplas. Você pode configurar o Visual Studio 2005 para colocar as aspas automaticamente, usando a opção do menu Tools, Options, Format.

Todos os elementos que não sejam vazios devem ter uma tag de abertura e outra de fechamento. Por exemplo, se você tem uma tag de abertura <p>, você obrigatoriamente deve ter uma tag de fechamento </p>.

Não podem existir tags sobrepostas. Você pode embutir tags umas nas outras, mas não pode inverter as sua ordem de fechamento. Por exemplo, o código abaixo é válido:

               <b><i>Conteúdo</i></b>

Já o código abaixo é inválido

               <i><b>Conteúdo</i></b>

Todos os atributos precisam ter um valor, mesmo quando a sua sintaxe pareça estranha. Por exemplo, a tag <input checked /> é um código XHTML inválido, uma vez que o atributo checked não tem um valor. Esta tag deveria ser escrita na forma de <input type=”checkbox” checked=”checked” />.

  1. Os códigos em Javascript escritos dentro das tags <script> e </script> devem ser envolvidos dentro de uma seção CDATA, conforme o exemplo abaixo.
          <script>
           /* <![CDATA[ */

           function isLess(a, b) {
           if (a < b)
           return true;
           }
          /* ]]> */
        </script>

Isso acontece pelo fato de que se você utilizar caracteres especiais como < ou & dentro do seu código Javascript, eles podem ser interpretados como a marcação do começo de uma tag XHTML

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: